Hospedagem de Sites em 2018 e 2019 – Você tem que saber

Hospedando seu site ou loja virtual

Além de registrar um domínio da maneira correta, você precisa de um servidor web para hospedar o seu site.

Se quiser que os dados do seu site ou loja online sejam acessados é necessário que eles estejam armazenados em algum local de fácil acesso a eles pela internet. Isso se chama hospedagem de sites. O locais onde se hospedam site são chamados de Data Centers. Abaixo você verá em mais detalhes.

O que é um Data Center?

 Sendo editado…

Servidor de Hospedagem – WEB HOST

Um servidor nada mais é que um computador com um monte de HDs plugados nele onde ficam armazenados os dados do seu site ou loja virtual e que são acessados remotamente através da internet. Fica inviável ter um na sua própria empresa porque os custos são altos e tem que ter uma pessoa especializada para essa função para montar, instalar o sistema operacional específico para servidores, configurar e monitorar. Sem contar que você teria que ter equipamentos adicionais caso falte energia ou caso um pife, etc. Por isso, alugar um espaço em um servidor de hospedagem é a melhor opção hoje em dia, pois você não precisa se preocupar com nada, e sim, apenas com seu negócio. Eles já possuem equipes de monitoramento 24 horas por dia, estrutura para para backups de conteúdo, equipamentos de ponta e tudo mais.

O que um servidor tem que oferecer?

Muitos para atrair clientes usam o bordão de que é ilimitado o espaço e tudo mais. Isso não existe, tudo tem e deve ter limites. Eles falam isso porque raramente alguém usa todo o espaço do plano adquirido. Mas, se alguém ultrapassa, eles entram em contato para poder oferecer mais recursos ou derrubam o teu site.

Segurança dos dados

Isso é muito relativo, porque se você coloca uma programação insegura ou desatualizada dentro do seu domínio, ou não tem cuidado com suas senhas, é lógico que não existe servidor que possa impedir que um hacker acesse esses dados. Mas, no servidor como um todo, eles se comprometem em mantê-lo seguro, ou seja, eles não vão deixar ninguém acessar seus dados usando o próprio servidor.

Hoje em dia, é recomendável que se tenha o certificado https em todos os sites. O que é isso? É um tipo de protocolo. O termo significa: Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro. Os dados são acessados remotamente nos servidores, certo. No caminho os dados podem ser interceptados, como no Assalto ao Trem Pagador. Não adiantaria muita coisa você ter um servidor seguro e o seu cliente ter um computador também seguro se no caminho entre o servidor e seu cliente os dados não são protegidos. Esse protocolo protege os dados enquanto são transferidos entre os servidores ou entre os navegadores que acessam os sites hospedados nos servidores.

Certificado SSL Https

O cadeado tem  que aparecer fechado e com a cor verde.

Mas eu habilitei o HTTPS no meu site mas não fica verde o cadeado? Isso é fácil de resolver. Procure no conteúdo do site por links de imagens e links para outras páginas ou outros sites que estão faltando o S depois do HTTP. Enquanto tiver apenas uma imagem ou um link na página com a url sem o HTTPS o navegador vai ficar indicando que seu site não está totalmente seguro.  Isso apenas na página que tem a url antiga.

 

Estabilidade

Isto quer dizer o tempo que seu site fica ativo. A maioria dos servidores prometem 99% de UPTIME. Isso significa que em um ano por volta de 3 dias o site poderia ficar fora do ar. Calma, não vai ficar 3 dias direto fora. O bons servidores estão sempre fazendo manutenções e isso à vezes faz com que o site fique fora do ar por alguns instantes. Esse serviço eles fazem sempre de madrugada. Ou, pode ser que realmente acontece algum incidente, então leva-se um tempo até corrigir. Somando tudo isso, em um ano pode ficar até uns 3 dias sem atividade. E isso é razoável. Para termos algo com 100% de UPTIME, requer contratar um serviço mais especializado, o que é muito caro e não é viável para a maioria dos casos.

O que é hospedagem nas nuvens – Cloud Server?

Não, não tem nenhum servidor nas nuvens, é apenas uma maneira de dizer que seus dados vão ser acessados remotamente de qualquer lugar. Essa expressão é mais usada para empresas e pessoas que não armazenam mais seus dados em computadores dentro da empresa ou em casa, mas que contratam um serviço de hospedagem para guardar seus dados e acessar de onde tiver e de qualquer aparelho que tiver usando. Mesmo assim os seus dados ficam dentro de HDs em servidores nos datacenters ou empresas de hospedagem de sites.

Que tipos de hospedagem de sites exitem?

Compartilhada

Essa é o que a maioria dos sites usam. É como se tivesse um servidor em sua empresa e todos os funcionários usassem ele para guardar seus dados e para acessarem ele remotamente. Esse computador então teria que dar conta se todos eles tentassem acessar ao mesmo tempo os dados. Assim acontece com a hospedagem compartilhada. Vários sites são colocados no mesmo servidor. Normalmente para a maioria das empresas esse tipo de serviço funciona bem, mas se precisar de mais recursos ou porque seu site está recebendo muitos acessos ou sua loja virtual está começando a bombar, então a próxima opção pode ser interessante.

Semi Compartilhada

Esse tipo de hospedagem é parecido à compartilhada, mas com menos sites usando o mesmo servidor. Sobrando mais recursos para todos, tanto de espaço como de capacidade de processamento.

Dedicada

A hospedagem dedicada é quando você contrata um servidor só para você que é chamado e Servidor Dedicado. Não é barato esse serviço, mas, para algumas empresas, é extremamente necessário que isso seja feito. Como já foi mencionado antes, ter um servidor na própria empresa se torna inviável hoje em dia. Por isso, algumas empresas reservam um servidor só para elas dentro do data center e colocam um funcionário pra cuidar dele ou contratam esse mesmo serviço do data center.